domingo, 7 de junho de 2009

Relevo




No continente asiático há um magote de cadeias montanhas demasiadas atlas. A Ásia possui as quinze maiores montanhas do mundo, entre elas, o monte Everest, se como uma "murada" que divisa a china e a porção Sul do continente, estendo-se em arco, com 2.800 km de extensão.
Há nesse continente várias planícies extensas e elevadas. A planície Indo-gangética tem uma grande importância econômica pelo fato de ser atravessada pelos rios Indo e Ganges. Através do atrito das águas destes rios, ocorreu uma erosão de montanhas, cujos sedimentos foram acumulados e formaram tal planície. É uma região fértil.
A planície Siberiana situa-se entre o planalto central Siberiano e os montes Urais, na Rússia com 7 milhões de km², é a planície mais, extensa do continente.
A planície da Indochina, a sudeste do Himalaia, é uma região muito fértil, apresentando uma grande vala econômica.
A planície Chinesa e da Manchúria destacam-se no Leste asiático, por permitirem o desenvolvimento agrícola em larga escala, através de um solo de grande fertilidade.
A planície da Mesopotâmia é situada entre o Rio Tigre e o Rio Eufrates. É uma região que apresenta enormes atividades agrícolas, por isso é chamada de crescente fértil, e na qual se acredita ter sido a primeira região a ser cultivada da história.
As depressões são outros tipos comuns de relevo no continente. A maior delas é o mar Morto, Situado a 392m abaixo do nível do mar. O mar Cáspio também é uma depressão.
O outro tipo de relevo muito comum no continente são os planaltos, são eles: planalto da Arábia (ao oeste da península Arábica); planalto Central Siberiano (na Rússia); planalto do Pamir (no Tadjiquistão); planalto do Tibete (ao norte do Himalaia); planalto do Irã (no território do Irã); planalto do Decã (na Índia); planalto de Aldai (ao oeste da Rússia); planalto de Anatólia ( na Turquia); planalto da Mongólia ( a nordeste do Tibete).

13 comentários: